• Jessica Santos

Atenta aos efeitos da desinformação, Unesco lança manual para educação e treinamento em jornalismo

A UNESCO lançou um modelo de currículo para oferecer aos professores de jornalismo uma estrutura e lições para ajudá-los a preparar os alunos para lidar com os desafios da desinformação. É também um guia muito útil para que já está no mercado e deseja se aprofundar no tema.


Disponível em português, o guia reúne a contribuição de importantes educadores, pesquisadores e pensadores do jornalismo internacional que estão ajudando a atualizar o método e a prática do jornalismo para lidar com os desafios da informação incorreta e da desinformação. As aulas são contextuais, teóricas e no caso da verificação online, extremamente práticas. Usadas juntos como um curso, ou independentemente, elas podem ajudar a atualizar módulos de ensino existentes ou criar novas propostas.


Dividido em sete módulos, o currículo cobre muito bem diversos temas que devem, obrigatoriamente, serem discutidos nos cursos de jornalismo. Veja abaixo:


1. Verdade, confiança e jornalismo: por que é importante

2. Reflexão sobre a "desordem da informação": formatos da informação incorreta, desinformação e má informação

3. Transformação da indústria de notícias: tecnologia digital, redes sociais e disseminação da informação incorreta e desinformação

4. Combate à desinformação e à informação incorreta por meio da Alfabetização Midiática e Informacional (AMI)

5. Verificação dos fatos

6. Verificação das redes sociais: avaliação de fontes e conteúdo visual

7. Combate ao abuso online: quando jornalistas e suas fontes tornam-se alvos






11 visualizações

© 2019 by Edu-Midia. Proudly created with Wix.com